15.8.08

Biografia de Churchill

Terminei, há algumas semanas, a leitura de uma biografia de Winston Churchill, escrita por Lord Roy Jenkins. O pesado volume (897 páginas em letras miúdas!) foi uma companhia muito agradável por um longo mês. Confesso que senti saudades quando ele retornou à biblioteca onde vive, quase perdido numa das muitíssimas estantes da Biblioteca do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH), da Unicamp.

Sentimentalismos à parte, meu caro leitor inexistente, decidi começar, por meio desse livro, a tecer um punhado de idéias que desejo expor aqui no blog.

Vou dividir em outros dois posts, a princípio, algumas questões importantes que esse livro amigo me fez considerar. O primeiro será sobre a importância de biografias na nossa formação humana. O segundo, sobre o próprio Churchill, figura multifacetada e fascinante. Tão multifacetada e tão fascinante, que ousaria dizer (baseado no que conheço do mundo) que teria um lugar destacado na seleta lista dos chamados “grandes homens de todos os tempos”.


Não há dúvidas, diria um inglês, que Churchill está muito bem posicionado entre as maiores personalidades inglesas de todos os tempos. Só por isso já seria, também, importante figura na história de toda a humanidade.

É isso aí. Volto em breve. E nada de ansiedades exageradas, leitor solitário. Prometo voltar mais rápido, dessa vez, para concluir essas idéias mal-começadas.

Nenhum comentário: